quarta-feira, 17 de junho de 2015

Português descobriu a "CR7", a galáxia mais brilhante do Universo primitivo


Uma equipa liderada por David Sobral, cientista do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço e da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, fez "descobertas inesperadas" e comprovou a existência de "várias galáxias extremamente distantes e surpreendentemente brilhantes". À mais brilhante, chamaram "CR7", abreviatura de "COSMOS Redshift 7", em homenagem ao jogador português de futebol Cristiano Ronaldo. Ler mais.

Sem comentários: