domingo, 11 de agosto de 2013

Chuva de estrelas cadentes pode ser visível este fim de semana


A chuva de estrelas cadentes, cientificamente designada como chuva de meteoros, acontece quando a Terra cruza um enxame de meteoroides 
 Imagem: Wikipedia/Brocken Inaglory/Creative Commons
 
O fenómeno repete-se anualmente, por esta altura, e pode ser observado à vista desarmada, durante a noite, com céu limpo e muito escuro, fora das cidades, num local exterior amplo como o campo.
Segundo o diretor do Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), Rui Agostinho, as previsões meteorológicas apontam para que haja "condições ótimas" de visibilidade da "Perseidas", uma das chuvas de estrelas cadentes mais importantes.
A "Perseidas" tem o seu pico de atividade na segunda-feira, ao emitir uma média de 110 meteoros por hora. Contudo, de acordo com Rui Agostinho, pode ser vista a olho nu também hoje e no domingo, com uma média de 80 a 90 meteoros por hora
A chuva de estrelas cadentes, cientificamente designada como chuva de meteoros, acontece quando a Terra cruza um enxame de meteoroides, neste caso na órbita do cometa "Swift-Tuttle". Ler mais.

Sem comentários: