quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Os 'pontos turísticos' do Sistema Solar



Várias fotografias registadas por diversos observatórios e satélites da Nasa mostram detalhadamente a beleza dos fenómenos naturais nos planetas e estrelas do sistema solar, na vizinhança da Terra. Os astrónomos do Royal Observatory em Greenwich, Londres, reuniram as imagens numa colecção das melhores atracções turísticas do Sistema Solar.

O 'guia astronómico' do sistema solar foi usado pelo Royal Observatory para marcar o lançamento da edição 2011 de seu concurso fotográfico Astronomy Photographer of the Year, aberto a astrónomos amadores do mundo inteiro. (Retirado do CiênciaHoje, 25 de Janeiro de 2011)

sábado, 15 de janeiro de 2011

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Astrónomos disponibilizam a fotografia mais completa do céu



A maior imagem digital a cores do céu foi publicada ontem por uma equipa de astrónomos que coordenam o Sloan Digital Sky Survey-III. O mapa é o conjunto de sete milhões de imagens tiradas desde 1998 que reúnem um terapixel de informação. Ler o resto da notícia. (Retirado do Público, 12 de Janeiro de 2011)

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

A Sun Halo Beyond Stockholm

domingo, 9 de janeiro de 2011

Sunrise, Moonrise in Graz, Austria

Português distinguido como 'superárbitro' científico

A mais importante revista de Física escolheu José Sande Lemos como um dos seus melhores peritos, entre 45 mil no mundo.

O trabalho de um árbitro - referee na gíria das publicações científicas - é silencioso e discreto, mas essencial para garantir a excelência de uma revista científica. José Sande Lemos, do CENTRA (Centro Multidisciplinar de Astrofísica), do Instituto Superior Técnico (IST), sabe-o bem. Faz esse trabalho há anos para algumas das mais importantes revistas de física do mundo. Agora, a Physical Review, a mais prestigiada a nível internacional, distinguiu-o com o prémio Outstanding Referee. Algo como um superárbitro. Ler o resto da notícia. Retirado do DN, 9 de Janeiro de 2011


domingo, 2 de janeiro de 2011

Portugal acorda com um eclipse do Sol a 4 de Janeiro

Na próxima terça-feira de manhã os portugueses vão poder ver o primeiro eclipse de 2011. A Lua vai tapar o Sol parcialmente. Durante o resto do ano, vão acontecer mais três eclipses solares e dois lunares, Portugal só vai conseguir ver o primeiro eclipse lunar.
O eclipse de 4 de Janeiro começa às 6h40 e termina às 11h00 (hora de Portugal). No pico do eclipse, na zona que abrange o território, o Sol vai ficar tapado entre os 40 e os 60 por cento. A região da Escandinávia e da Rússia vai sentir o máximo do fenómeno. O centro de África e grande parte da Ásia vão também poder observar o eclipse.
O outro fenómeno observado em Portugal vai ser o eclipse total da Lua, quando a Terra tapar a luz do Sol que bate no satélite. O eclipse será dia 15 de Junho durante o nascimento da Lua, entre as 19h22 e as 23h22 (hora de Portugal). Parte do eclipse vai ser mais difícil de observar porque em Junho o Sol põe-se mais tarde. Ler o resto da notícia. (Retirado do Público, 2 de Janeiro de 2011)

Looking Back at an Eclipsed Earth