segunda-feira, 7 de junho de 2010

Lua produz electricidade para as nossas casas

O projecto da Shimizu Corporation prevê revestir o Equador lunar com um enorme cinto de células fotovoltaicas: são cerca de 11 mil quilómetros, por 400 de largura. Robôs construídos para o efeito e teleoperados a partir da Terra irão efectuar o trabalho, mas com uma particularidade. É que aproveitarão materiais abundantes no próprio solo lunar para a construção dos painéis fotovoltaicos, como por exemplo cascalho lunar.Uma equipa de astronautas dará apoio robótico no local.

A energia ali produzida será encaminhada para centros de transmissão, que depois a enviarão para Terra por microndas e por laser de alta densidade energética. Depois de recebida será convertida e introduzida nas redes eléctricas convencionais para distribuição à escala planetária. Uma visão futurista, mas que já começa a despertar o interesse de empresas como a Shimizu, e que poderá ajudar a redimensionar o cluster aeroespacial. Ler o resto da notícia. (Retirado do semanário Expresso, 7 de Junho de 2010)

Sem comentários: