domingo, 28 de março de 2010

Simulação de missão a Marte deixa astronautas isolados 520 dias

Quatro europeus - dois franceses, um belga e um italo-colombiano - foram seleccionados como candidatos a passar 520 dias isolados numa cápsula para simular uma missão a Marte, anunciou hoje a Agência Espacial Europeia. A equipa final da experiência de simulação integrará dois destes cidadãos, três russos e um participante chinês. No verão o grupo vai viver em Moscovo uma missão simulada ao planeta vermelho, em instalações que incluem uma nave interplanetária, um módulo marciano e até a paisagem de Marte.
Trata-se da experiência Mars500, a primeira do género, que pretende ser "o derradeiro teste de resistência humana" e simular uma missão completa de ida e volta a Marte. A 'missão' inclui 250 dias de viagem, um mês na superfície e 240 dias para a deslocação de regresso. Os voluntários europeus são o belga Jerome Clevers, os franceses Arc'hanmael Gaillard e Romain Charles e o italo-colombiano Diego Urbina, que já se encontram em treinos desde 24 de fevereiro, na Rússia. Mais informações aqui e aqui.

Sem comentários: