terça-feira, 30 de março de 2010

Maior acelerador de partículas começou a fazer física a sério


À terceira tentativa feita esta manhã, Large Hadron Collider (LHC), o maior acelerador de partículas do mundo, em Genebra, registou as primeiras colisões de partículas a sete teraelectrão-volt. Os seus dois feixes de protões – cada um com 3,5 teraelectrão-volt , ou TeV – encontraram-se finalmente no acelerador de partículas, um túnel em forma de circunferência com 27 quilómetros, e fizeram as primeiras colisões por volta do meio-dia (hora de Lisboa) a altas energias.
Até Dezembro de 2011, o LHC estará a funcionar a metade da sua potencialidade, recriando no entanto já as condições de temperatura e densidade de energia no início do Universo, nos primeiros milionésimos de segundo após o Big Bang, há 13.700 milhões de anos. Depois, irá parar por 13 meses, para ser preparado para passar dos sete para os 14 TeV. Ler o resto da notícia. (Retirado do Público, 30 de Março de 2010)
Mais informações aqui.

Sem comentários: