sábado, 9 de janeiro de 2010

Astrónomos revelam o segundo exoplaneta mais pequeno encontrado até agora

“Esta descoberta é espantosa porque nos mostra que estamos a encontrar planetas, fora do nosso sistema solar, cada vez mais pequenos”, explicou o astrónomo Andrew Howard, da Universidade da Califórnia em Berkeley, no último dia da 215ª conferência da Sociedade de Astronomia Americana.
Este planeta longínquo, chamado HD156668b, encontra-se a 80 anos-luz da Terra (um ano-luz equivale a 9460 mil milhões de quilómetros) na Constelação Hércules. O planeta gravita em redor da sua estrela durante cerca de quatro dias.
A equipa de astrónomos - com investigadores da Universidade de Califórnia em Berkeley, da Universidade de Yale, do Instituto de Tecnologia da Califórnia e da Universidade Penn State - utilizou um dos dois telecópios Keck que se encontram no monte Mauna Kea, no Havai, a 4145 quilómetros de altitude. O método de detectação consiste em medir os efeitos da gravidade do planeta na sua estrela. Quando o planeta passa em frente da sua estrela provoca uma ligeira alteração na intensidade luminosa. Ler o resto da notícia. (Retirado do Público, 9 de Janeiro de 2010)

Sem comentários: