sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Descobre o teu Céu! - Escolas (2ª edição)

No âmbito do Ano Internacional da Astronomia, os Museus da Ciência das Universidades de Coimbra e de Lisboa e o Centro Ciência Viva de Constância, em parceria com a Critical Software e com o apoio do Público on line, têm vindo a promover o concurso DESCOBRE O TEU CÉU! ESCOLAS dirigido aos alunos do ensino básico de todo o país.
O concurso, que existe agora em versão internacional e já com parceiros em todos os continentes, foi escolhido pela Comissão Internacional do Ano Internacional da Astronomia 2009 para Projecto Especial. A versão internacional irá decorrer até 21 de Junho de 2009.
A partir das estrelas de quatro zonas seleccionadas do céu, pretende-se que os participantes construam novas constelações e desenvolvam histórias a elas associadas. Podem participar equipas de 5 a 20 alunos de qualquer um dos três níveis do ensino básico, sob a tutela de pelo menos um professor.
As inscrições estão abertas até ao dia 21 de Março de 2009, e os trabalhos podem ser enviados até 21 de Junho de 2009.
Os melhores trabalhos de cada escalão (1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico) serão premiados e publicados, durante o ano de 2009.

Gota de água em slow motion

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

MP3 pode levar dez milhões de jovens europeus à surdez

Uma conferência em Bruxelas voltou a alertar para os perigos dos leitores Mp3 para a audição e a "catástrofe" que daí advirá se nada for feito. Entre as medidas equacionadas está uma maior limitação do volume máximo permitido.
Ontem, numa conferência promovida pela União Europeia, foi elevado o estado de alerta em relação aos leitores portatéis de música, com vários responsáveis e investigadores a traçarem um cenário negro para o futuro da juventude europeia.
"Sejamos francos: estamos perante uma catástrofe se nada for feito rapidamente", afirmou ontem Stephen Russell da associação europeia de segurança para o consumidor ANEC, à Reuters. Antes, um painel da União Europeia especializado em riscos para a saúde estimou que até dez milhões de jovens europeus correm o risco de danificar a sua audição por utilizarem os seus leitores Mp3 com o volume demasiadamente alto.
Os especialistas fizeram ainda questão de referir que não existe qualquer cura conhecida para a perda de audição ou para a tinite - uma doença caracterizada pela sensação de um tinir contínuo nos ouvidos. Ler o resto da notícia.

(Retirado do Jornal de Notícias, 28 de Janeiro de 2009)


segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

O que acontece quando um avião passa a barreira do som?

Quando um avião passa a barreira do som podemos observar uma enorme nuvem à volta do avião e ouvir um estrondo semelhante a um trovão. Porque é que isso acontece?
A nuvem é provocada pela onda sonora que, ao avançar, comprime a humidade do ar. Esta nuvem chama-se cone de Mach. Quando o avião se desloca com uma velocidade superior à do próprio som produz um estrondo sónico no momento em que ultrapassa a barreira. Todas as ondas sonoras que normalmente se propagariam à frente do avião se combinam: primeiro não se ouve nada, mas em seguida ouve-se um estrondo bastante intenso.


Curiosidades: Quantas vezes bate um beija-flor as suas asas por segundo?


Os beija-flores são de facto extraordinários. Apesar das suas pequenas dimensões (6 a 12 cm de comprimento) e peso (2 a 6 gramas) conseguem bater as suas asas 50 a 80 vezes por segundo. Ufa! Consegues imaginar?

domingo, 25 de janeiro de 2009

Consegue uma cantora de ópera quebrar uma taça de vidro com a voz?

É possível e a explicação é simples: todos os corpos vibram numa determinada frequência. As taças de vidro são especialmente ressonantes devido à sua estrutura tubular interna oca. Se uma pessoa conseguir cantar no tom exacto, a sua voz fará as moléculas do ar em volta da taça vibrarem numa determinada frequência, forçando-a a vibrar também. Se a nota emitida for suficiente alta, o copo vibra até quebrar.


Visualizar ondas sonoras

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Líquidos magnéticos

Líquidos magnéticos: um exemplo de uma mistura coloidal de partículas magnéticas num líquido. Na imagem podes observar o íman e os seus efeitos na mistura. Para veres como se comportam estes líquidos espreita o vídeo seguinte.


quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Alterações climáticas: Estudo indica que as estações estão a antecipar-se dois dias

Sou só eu, mas já repararam que as árvores já estão a florir? Em Janeiro? E nem de propósito fica aqui um artigo de hoje do Jornal Público sobre a necessidade de repensar no significado do início das estações do ano.

"A Primavera começa a 21 de Março segundo as regras da Astronomia, mas quem estudar a variação das temperaturas do último século pode concluir que as estações têm vindo a antecipar-se cerca de dois dias, por isso não é de admirar vermos aves a migrar mais cedo.Um artigo publicado amanhã na revista “Nature” investigou a variação da temperatura ao longo das estações do ano nas zonas temperadas do globo.
Apesar de não se perceber muitos dos mecanismos que decretaram as mudanças nos últimos 50 anos, os investigadores acreditam que a causa é a intervenção humana.“Temos cem anos onde existe um padrão muito natural da variabilidade [da temperatura], e depois vemos um grande afastamento desse padrão ao mesmo tempo que as temperaturas médias terrestres começam a aumentar, o que nos faz suspeitar que existe aqui uma causa humana”, disse em comunicado Alexandre Stine, primeiro autor do artigo e investigador na Universidade da Califórnia.
Os cientistas utilizaram dados compilados das temperaturas oceânicas e terrestres entre 1850 e 2007. A análise mostrou que nos últimos 50 anos os picos de calor no Verão e de frio no Inverno estão antecipar-se 1,7 dias, as temperaturas médias de Inverno estão a subir 1,8 graus Célsius enquanto as do Verão só subiram 1 grau Célsius e estas mudanças são menos sentidas nos oceanos do que nos continentes. Parte disto pode ser explicado pela transferência de massas de ar quente dos oceanos para os continentes.
Sabe-se também que a temperatura é um reflexo do aumento ou diminuição do sol com um atraso de 30 dias em terra e 60 dias no mar. Solos mais secos e o aumento da poluição podem diminuir o atraso e adiantar os picos de frio e calor. Segundo Stine, estas alterações são comparáveis às diferenças entre eras glaciares e eras não glaciares."

domingo, 18 de janeiro de 2009

Peixe desenvolve espelho nos olhos para ver no escuro

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.

O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo. No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga. Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.

O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas. Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge. "O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável.

"Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas. "O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista. (Retirado de BBC Brazil, 8 de Janeiro de 2008)

Desafio: Qual o animal mais rápido que conhecem?


Como vamos começar a estudar o conceito de velocidade do som no 8º ano, deixo aqui um desafio aos alunos do 7º e 8º ano: qual é o animal mais rápido que conhecem?

sábado, 17 de janeiro de 2009

Natureza no seu melhor: Relâmpago em slow motion

Uma imagem de um relâmpago filmado em slow motion. Enjoy!

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Cientistas produziram película de material feito a partir de carbono com propriedades electrónicas

A Universidade de Seul produziu películas de grafeno e mostrou que o material descoberto em 2004 mantém as propriedades que o tornam numa das maiores apostas para a electrónica do futuro. O grafeno é um material feito a partir de átomos de carbono dispostos numa só camada hexagonal que se parece com um favo de mel. Pode-se conseguir camadas deste material utilizando fita-cola e retirando da grafite – o material dos lápis que serve para escrever.
A partir destas camadas já se conseguiu produzir transístores que operam a frequências na ordem dos gigahertzs, comparável com os computadores modernos. Mas o material tem o potencial de trabalhar com uma rapidez centenas de vezes maior. Por outro lado a força das ligações entre estes átomos de carbono permite construir película muito resistentes, quase transparentes por serem tão finas que podem ser ligadas a polímeros dobráveis. Ler o resto da notícia.
(Retirado do Jornal Público, 15 de Janeiro de 2009)

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Testa a tua audição!

Até onde podemos ouvir? O ouvido humano só consegue ouvir frequências entre as 20 e 20 000 Hz. Mas será que ouvimos todos as mesmas frequências? Faz o teste de audição e deixa os teus valores.

Um dispositivo repelente de adolescentes!

O "Mosquito", um polémico emissor de ultra-sons destinado inicialmente a lutar contra a delinquência juvenil, vai ser aprovado para ser audível por todas as idades, anunciaram terça-feira os fabricantes.
Introduzido no Reino Unido em 2005, o "Mosquito" é um aparelho que emite sons a alta frequência - 17 kilohertz - que não são audíveis por pessoas com mais de 25 anos. Mais de 9.000 exemplares do aparelho fabricado pela sociedade galesa Compound Security System, foram vendidos em todo o mundo.
A maioria destes aparelhos está instalada nas imediações de supermercados, ou em locais onde os jovens habitualmente se reúnem, com o objectivo de afastar os potenciais delinquentes.
Ler o resto da notícia.
(Retirado de IOL Diário, 3 de Dezembro de 2008).


Leite mágico: O exemplo de uma mistura muito estranha!

O que acontece quando misturamos corante alimentar, detergente e leite? Uma mistura muito estranha mas visualmente muito interessante.

domingo, 11 de janeiro de 2009

Um ano em 40 segundos

A natureza nunca deixa de nos surpreender com imagens magníficas.

Misturas homogéneas, heterogéneas e coloidais

Vídeo que explica a diferença entre misturas homogéneas, heterogéneas e coloidais.


Questões (para responder até dia 16 de Janeiro):
1. Explica o que são misturas homogéneas e misturas heterogéneas. Dá um exemplo de cada mistura.

2. O chantilly é um exemplo de uma mistura coloidal. Dá dois exemplos de misturas coloidais e explica a diferença entre estas misturas e as misturas homogéneas.

(Estrutura microscópica do chantilly)

Ondas transversais e longitudinais

Experiências simples e realizadas com materiais do dia-a-dia que mostram a propagação de uma onda.







Questões (Para responder até dia 16 de Janeiro)

1. Explica a diferença entre ondas transversais e ondas longitudinais. Dá um exemplo de cada.
2. Como se produzem os sons?
3. Dois astronautas saíram ao exterior de uma nave em pleno espaço sem comunicadores rádio. Conseguirão falar um para o outro? Justifica a tua resposta.


sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Como variam as ondas num fio

Esta simulação mostra-nos como se comporta uma onda quando fazemos variar a amplitude e a frequência ou quando alteramos a tensão do fio.

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

As capacidades sonoras do Pássaro Lira

O pássaro lira tem uma capacidade espantosa: consegue copiar os sons que o rodeiam e construir elaboradas músicas para cortejar as fêmeas. E esta capacidade inclui a reprodução de outros sons: máquinas fotográficas, serras eléctricas ou mesmo o alarme de carros.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Um pouco de humor: A evolução da matemática

1. Ensino de matemática em 1950:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por 100 euros.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda .
Qual é o lucro?

2. Ensino de matemática em 1970:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por 100 euros.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de
venda ou 80 euros.
Qual é o lucro?

3. Ensino de matemática em 1980:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por 100 euros.
O custo de produção desse carro de lenha é 80 euros.
Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por 100 euros.
O custo de produção desse carro de lenha é 80 euros.
Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
( )20 euros ( )40 euros ( )60 euros ( )80 euros ( )100 euros

5. Ensino de matemática em 2000:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por 100 euros.
O custo de produção desse carro de lenha é 80 euros.
O lucro é de 20 euros.
Está certo?
( )SIM ( ) NÃO

6. Ensino de matemática em 2008:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por 100 euros.
O custo de produção é 80 euros.
Se você souber ler coloque um X no 20 euros.
( )20 euros ( )40 euros ( )60 euros ( )80 euros ( )100 euros

(Adaptado de texto retirado do blogue humornaciencia)

Como funciona o ouvido

O que é o som?

sábado, 3 de janeiro de 2009

De Rerum Natura: O ANO DE GALILEU E DARWIN

Neste ano de 2009 festejamos Galileu e Darwin. Por um lado, comemoram-se os 400 anos das primeiras observações astronómicas feitas com o telescópio pelo italiano Galileu Galilei (que seriam descritas em “O Mensageiro das Estrelas”, um livrinho publicado em 1610). Por outro lado, comemoram-se os 200 anos do nascimento do inglês Charles Darwin (e também os 150 anos da publicação da sua obra maior, “A Origem das Espécies”).
Galileu e Darwin têm em comum o facto de terem protagonizado momentos de rotura não só nas ciências mas também, em geral, na sociedade. Por exemplo, a Igreja Católica e a Igreja Anglicana reagiram de forma violenta às novidades que esses cientistas trouxeram, tendo só há pouco tempo emendado a mão (a Igreja Anglicana ainda não completamente).
No ano de Darwin, apesar do triunfo da teoria da evolução, ainda haverá uma grande discussão em torno dela. Uma das dificuldades que lhe apontam é o facto de hoje ainda não sabermos ao certo como se originou a vida, apesar de fazermos uma boa ideia do modo como se multiplicou e desenvolveu. Terá tido origem apenas na Terra, onde a conhecemos abundante e diversa? Ou teve origem fora da Terra e veio aqui parar por mero acaso? Ou, ainda, o que para muitos cientistas é bem provável, a vida, nas formas que conhecemos aqui ou noutras, teve também origem em tempos diversos noutros planetas do nosso vasto Universo?
Pois em Março deste ano vai ser lançado pela NASA o satélite “Kepler” (do nome do astrónomo alemão Johannes Kepler, o contemporâneo de Galileu que, em 1609, também há 400 anos, publicou “Astronomia Nova”), que irá procurar com um telescópio adequado planetas extrasolares semelhantes à Terra. Acontece que os planetas extrasolares que conhecemos hoje são mais parecidos com Júpiter, para onde Galileu dirigiu a sua primitiva luneta, do que com a Terra. Haverá decerto outros semelhantes ao nosso. Seria o acontecimento não do ano mas do milénio se este ano ou nos seguintes se descobrisse vida num planeta desses. Galileu e Darwin ficariam contentes...

Retirado do blogue De Rerum Natura, 3 de Janeiro de 2009

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Um Bom Ano de 2009!

(Imagem NASA/JPL)