quinta-feira, 11 de junho de 2009

Colibris e as forças G

Uma das aves mais pequenas detém o invejável recorde de ser, proporcionalmente, mais rápida do que um vaivém espacial e resistir melhor à gravidade do que um piloto de combate preparado para a suportar. É o macho da família colibri Ana, com os seus 8 a dez centímetros de cumprimento e os seus poucos gramas de peso.
A velocidade atingida pelos colibris é a mais elevada alguma vez registada num vertebrado, em comparação com o seu tamanho, considera o zoólogo Christopher James Clark, da Universidade da Califórnia. Este conseguiu captar em fotografia de alta velocidade os voos de acasalamento dos colibris machos - os seus voos picados - que atraem a atenção das fêmeas. Estas manobras de alto risco submetem os colibris a uma força de gravidade (força a que um corpo é sujeito sob aceleração) de 9Gs, a mais elevada até hoje registada por um vertebrado em manobra voluntária, com a excepção dos pilotos de combate. Estes, segundo os especialistas, podem perder os sentidos quando submetidos a uma força de 7G.
Os mergulhos dos machos são elemento central da sedução nos colibris, em conjunto com a exuberância cromática da plumagem que exibem na cabeça e pescoço durante a época de acasalamento. Ler o resto da notícia. (Retirado do Diário de Notícias, 11 de Junho de 2009)
Para saber mais sobre a força G e como funciona, consulte este site.

Sem comentários: