domingo, 19 de abril de 2009

Como se obtem um café descafeinado?

Este artigo é para os habituais consumidores de café descafeinado. É verdade que podemos saborear o belo do café sem os malefícios da cafeína? Bem, a 100% não. A extracção da cafeína só garante uma eficácia entre 97-99%. E como é feita esta extracção?
Durante a maior parte do século XX a cafeína era retirada com diclorometano. Esta substância dissolve a cafeína sem alterar o gosto do café: o problema é que é tóxica. O diclorometano foi substituído nos anos 80 e 90 do século XX por acetato de etilo, que é uma substância moderadamente tóxica.
Actualmente utiliza-se dióxido de carbono como fluido supercrítico: a pressões e temperaturas elevadas (acima das 72,8 atmosferas e 304,2 K) a densidade do gás dióxido de carbono e do seu líquido é idêntica. As moléculas do dióxido de carbono supercrítico atraem as moléculas da cafeína, que é retirada. A cafeína é depois recuperada através de uma variedade de técnicas, que incluem a destilação e a recristalização.

Sem comentários: