terça-feira, 31 de março de 2009

Seis isolam-se em simulador de voo espacial

A simulação de condições vividas numa viagem até ao planeta vermelho vai agora ser feita por meia dúzia de homens, isolados durante mais de três meses. Mas esta é só a antecâmara de outra experiência, essa com 520 dias de duração.
As agências espaciais russa e europeia estão já a fazer a contagem decrescente para uma missão assente na Terra, mas com os parâmetros de uma viagem espacial. Marte é o "destino".
Hoje, seis homens dão entrada numa cápsula e só sairão dela 105 dias depois. Ao longo desses mais de três meses, os participantes na experiência ficarão fisicamente isolados do exterior e serão sujeitos a circunstâncias que, em princípio, replicam as de uma viagem até ao planeta vermelho. Mas esta é apenas uma primeira experiência. Para o final do corrente ano está prevista uma "viagem" similar, só que com cerca de 500 dias de duração.
Os seleccionados para a missão são quatro russos, um alemão e um francês, estes dois últimos por parte da Agência Espacial Europeia (ESA). Eles têm especializações muito diversas, desde a medicina à psicologia desportiva, passando pela pilotagem e pela engenharia mecânica. Dois dos russos são cosmonautas. Ler o resto da notícia.
(Retirado do Jornal de Notícias, 31 de Março de 2009)

Sem comentários: